quinta-feira, 23 de setembro de 2010

LANÇAMENTO DO NOVO FILME DA SAGA TWILIGHT!!!


TWILIGHT - SERVIÇO MAL PRESTADO (BAD SERVICE)


SINOPSE:
Bela resolve dar uma festa de formatura e contrata Alice para organizar tudo. Após o acerto de detalhes chega o grande dia da festa! Porém, ao chegar na festa Bela tem um surpresa: tudo está diferente do contratado. Para resolver o problema a contratante chama seu advogado. Após análise do caso o advogado conclui que houve indimplemento parcial do contrato e, por isso, devem os contratados indenizar Bela.

A novidade nesse novo filme é que VOCÊ DECIDE!! O que acha? Apesar de a festa ter sido um sucesso, deve Bela ser indenizada por não ter suas determinações cumpridas? Ou seria caso de resolução contratual?

Somente do YOU TUBEEEEE!!!!!
http://www.youtube.com/watch?v=x15-U6JgFjY

OBS: Use um fone, pois devido a problemas em nossos estúdios o áudio ficou baixo!

Grupo:
Amanda Rangel
Ana Luíza Superbi
Christine Rattes
Fernanda Valle Estanislau

17 comentários:

Clara disse...

SENSACIONAL! Morri de rir, inlcusive mostrei pra amigos meus que não são do Direito e eles também adoraram!

A dublagem ficou excelente e vocês conseguiram abordar MUITO bem o tema da matéria. Ficou ótimo, de verdade. Parabéns!

Amanda Costa disse...

Primeiramente quero parabenizá-las! Adorei as dublagens!! haha Muito engraçado!
Sobre a pergunta: Acho que caberia indenização sim. Afinal, a obrigação da organizadora não era de resultado e, sim, de meio. Assim, ela deveria ter obedecido fielmente as diretrizes dadas pela Bela. Se ela as tivesse seguido, o contrato estaria devidamente adimplido, independentemente do sucesso da festa.
Ademais, o sucesso da festa é algo subjetivo demais...as meninas convidadas e aquele carinha não gostaram. Não cabe analisar o sucesso aqui, eu acho.

Sara C.V disse...

Acho que a organizadora não teve taaanta culpa....Crepúsculo e Restart juntos, não tinha como dar certo! (Antes a buchada de bode...)
hahahaha.....Parabéns pelo vídeo!!

Mesmo a Bela não tendo o mínimo critério para escolher a organização da festa e nem noção do que queria de fato, poderia até caber perdas e danos mesmo, pela menina não ter seguido nada do que ela ditou...!

Sara Cardoso Vinhal

Rafaela Neiva disse...

Legal e criativo meninas! E quero parabenizar pela dublagem, muito difícil fazer isso... Acho que a questão pode passar também pelo tipo de contrato celebrado entre elas para a organização da festa... seria uma empreitada ou uma prestação de serviços? A obrigação era de fim ou era de meio? Se pensarmos que é de fim, o sucesso da festa significa que o fim foi atingido ou o fato de não ter sido como Bella queria importa que o fim foi não foi atingido? Se pensarmos que a obrigação é de meio é mais fácil, pois a contratada não prestou os serviços da forma como Bella pediu. Acho que essas questões podem ampliar o debate acerca do trabalho de vocês!

Natália Amorim disse...

Nossa!! Ficou ótimo! Parabéns pela dublagem e a idéia também foi excelente! Realmente...o fato da festa estar diferente do que foi convencionado pelas partes configura o indimplemento do contrato e gera obrigações para a parte inadimplente. Como a festa já foi realizada, não cabe cumprimento específico da prestação, destarte, a solução cabível seria o pagamento de indenização proporcional ao dano sofrido.

Carol Melo 6º A disse...

Adorei!
Concordo que cabe a condenação de indenizar, uma vez que as diretrizes não foram seguidas, independentemente de ter sido ou não boa a festa. Imaginem só se na nossa festa de formatura tocassem RESTART ou invés da banda escolhida?

Luanda Lima (turma D) disse...

Interessante o vídeo de vocês!

Sobre a obrigação, acredito ser de meio, sendo uma prestação de serviço. O sucesso da festa diz respeito ao íntimo da pessoa que contratou a organização e depende de suas diretrizes serem seguidas ou não. Para mim, cabe sim indenização, uma vez que não há como desfazer a festa.

Anelice Costa disse...

Muito bom gente!!!
Tanto o vídeo, quanto a dublagem (principalmente, a voz do Jacob, morri de rir!)
Bem, quanto ao tema, tendo como pressuposto que o contrato firmado foi de prestação de serviço, creio que houve inadimplemento do contrato sim. Isso porque o sucesso da festa não exime a responsabilidade da organizadora da festa pelo não cumprimento do contrato. Sendo assim, caberia indenização no presente caso.

Lívia disse...

Primeiramente gostaria de parabenizar o grupo pelo excelente trabalho e pela sensacional comédia, foi sem dúvida o trabalho mais divertido que vi! Também mostrei para outras pessoas que não fazem direito e elas adoraram. Acredito que a Alice deve indenizar a Bela independentemente de a festa ter sido “um sucesso”, pois essa valoração é muito subjetiva. O prestador de serviço tem que prestar o serviço conforme combinado e da forma que agrade ao tomador e não ao prestador. Dessa forma, acho que não seria o caso de uma resolução contratual, mas de indenização mesmo, pois a Bela foi bem clara quando especificou os termos do contrato relacionados à música, decoração e buffet. No caso, ficou expresso que ela não queria a festa rosa, nem que tocasse Restart e que tivesse muita buchada de bode e pouco croquete.
(Lívia Martelletto Pires - Turma D)

Ariane Magalhães disse...

Muito bom!..As imagens encaixaram perfeitamente com o tema. Parabéns pela criatividade.
Também concordo que cabe indenização, afinal não foi cumprido as determinações estipuladas, configurando o inadimplemento. Como a festa já ocorreu, a bela deve ser indenizada na proporção do dano sofrido.

Daniela disse...

Meninas,
adorei o trabalho. A dublagem ficou muito engraçada, morri de rir da vozinha.
Também concordo que deva haver indenização já que houve descumprimento daquilo que havia sido combinado, contrariando as espectativas de bela.

Bernardo "Kobe"Teixeira Lima Fernandes disse...

Crepúsculo e Restart é o apocalipse!

Mesmo a obrigação da organizadora sendo de meio, resta claro que ela não foi diligente, simplesmente ignorando as diretrizes. Sim, festa boa é algo subjetivo, mas Restart não dá, é crime contra a humanidade... Bela deveria ser indenizada, e a organizadora processada por tortura...

Bernardo "Kobe"Teixeira Lima Fernandes disse...

e parabéns ao grupo pelo esforço e pelo trabalho, brincadeira a parte, o vídeo ficou muito bom!

Ana Cláudia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Cláudia disse...

Adorei meninas!! Muito criativa a idéia de fazer a dublagem. No caso, também acho que cabe o pedido de indenização, pois Alice não crumpriu as regras estipuladas por Bella. E no final das contas teve muito croquete e restart, contrariando a vontade de Bella, hahaha.

Daniel Alencar Guimarães disse...

Meus parabéns, ótima idéia e ótima dublagem! A diferença entre o que foi contratado e o que foi realizado configura inadimplemento, e cabe por isso indenização proporcional ao dano sofrido. Agora, Restart? Acho que a tortura mencionada acima é muito bem colocada hehehe

Daniel Alencar Guimarães - Turma A

Isabela Guimarães Rabelo do Amaral disse...

Muito divertido o vídeo. Aprendendo de forma lúdica. E vejam como ele suscitou comentários e debate na turma...